Blog

Afinal existe Planejamento de Marketing perfeito?

Para ter uma empresa de sucesso, é necessário muito mais do que uma boa ideia. É preciso planejamento durante as principais etapas do seu projeto, incluindo o desenvolvimento de um planejamento de marketing.

É nessa etapa que muitas empresas erram. O primeiro passo para não errar é deixar de confundir marketing com publicidade. De um modo resumido: Publicidade é uma ferramenta de comunicação usada para divulgar uma marca e vender serviços e produtos. Marketing é um conjunto de estratégias para vender produtos ou serviços.

Acertar na escolha do ponto comercial, é uma estratégia de marketing. Anunciar no intervalo da novela das oito é uma estratégia publicitária, mas também é uma ação de marketing. A publicidade também faz parte do marketing, mas o contrário não é possível, entendeu?

Feito esse esclarecimento, vamos conhecer mais sobre a criação de um plano de marketing?

Plano de marketing: conhecendo o público-alvo

O primeiro passo necessário para traçar a sua estratégia é conhecer todos os detalhes possíveis sobre o seu cliente. Esses itens podem ser divididos em quatro grandes categorias.

Dados demográficos

Sexo, faixa etária, renda, nível educacional etc. são exemplos de dados demográficos. Eles ajudam o empresário a visualizar as diferentes faixas que compõem seu público.

Por exemplo: se 95% do seu público é do sexo masculino, faz sentido criar um anúncio voltado às mulheres?

Dados Geográficos

A localização da sua empresa pode ser definida pela melhor escolha logística relacionada à entrega. Saber o bairro, cidade, país etc. do seu cliente é fundamental para escolher pontos comerciais, traçar rotas de entrega e até mesmo deixar de atender determinadas regiões da cidade.

Dados comportamentais

Questões relacionadas ao comportamento de consumo do seu cliente, benefícios desejados etc. Exemplo: o cliente da “pizzaria X” prefere o delivery quando está atrasado para o jantar. Ele deseja refeições rápidas.

Dados psicográficos

Aqui podemos elencar questões relacionadas ao estilo de vida do seu cliente. Por exemplo: pessoas que se preocupam com o meio ambiente, causas sociais, direitos dos animais etc.

O consumidor está cada vez mais atento a essas questões. Um estudo divulgado pela Kantar revelou que uma fatia dos entrevistados desejava “experiências positivas” ao consumirem. 

Para conhecer o seu público-alvo, o empreendedor pode se debruçar sobre as pesquisas divulgadas por universidades, institutos de pesquisa (Kantar, Boa Vista, IBGE etc.) ou desenvolver seus próprios estudos.

Nesse caso, busque orientação de um profissional experiente, uma vez que uma pesquisa mal elaborada pode prejudicar o seu planejamento de marketing.


Confira aqui um case de sucesso onde tudo começou com um planejamento de marketing

Desenvolvendo a estratégia

Depois de analisar todos os dados coletados sobre o seu público, é hora de traçar a estratégia de marketing — lembrando que marketing reúne todas as ações necessárias para obter êxito nas vendas.

É nessa etapa que o empresário definirá o tom com o qual sua empresa se comunicará com o cliente, aspectos relacionados ao design de produtos, logotipo, logomarca, ponto de venda, condições de pagamento etc.

Veja que “vender algo” vai muito além do trabalho dos vendedores. Por isso, o plano de marketing deve estar alinhado com os outros processos da empresa. Por exemplo: se o processo de atendimento ao cliente for ruim, a imagem da marca será prejudicada e conquistar novos clientes pode ficar mais caro.

Avaliando a estratégia

O plano de marketing não é um documento definitivo. É verdade que em alguns modelos de negócios, pouca coisa muda. No entanto, esses casos são raros — principalmente porque as mudanças tecnológicas têm ocorrido muito depressa.

Assim, é fundamental que o departamento de marketing analise as ações desenvolvidas, verificando quais delas são eficientes e quais não trazem mais resultados. Cálculos como o Retorno Sobre o Investimento (ROI) dessas ações pode ajudar nessa tarefa.

Depois de ler este artigo, você percebeu o quão importante é o plano de marketing, não é verdade? Será que empresas, como Apple, Coca-Cola e Casas Bahia têm grandes resultados devido aos seus produtos/serviços ou graças a um plano de marketing eficiente?

Confira mais matérias como essa em nosso blog

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Fale conosco!