Blog

Classificação de Tipografias

Na hora da criação de algum projeto gráfico, tanto impresso quanto digital, a tipografia é um dos elementos que exigirá uma tomada de decisão dependendo da mensagem que você quer passar com as suas informações textuais.
De acordo com a classificação tipográfica seguindo os padrões tradicionais, e não históricos, existem 04 tipos básicos de tipografia: COM SERIFASEM SERIFACURSIVADECORATIVA

TIPOGRAFIA COM SERIFA

As serifas são prolongamentos que se encontram na maioria das extremidades das letras de uma fonte serifada. Elas são resquícios da escrita manual, que facilitam a leitura levando o olho para a transição de uma letra para outra, por isso é mais indicada para textos corridos.

Para uso em mídias digitais, ou seja, na web, a fonte serifada possui um limite de seu formato mínimo, fazendo com que quanto menor o seu tamanho na página mais difícil a legibilidade das serifas. Isso não é uma regra, por isso deve sempre observar a legibilidade das fontes e considerar a mídia em que será inserida. Tal problema não ocorre na mídia impressa, por isso a vasta utilização de fontes serifadas em textos corrido de livros, revistas e jornais.

EXEMPLOS


TIPOGRAFIA SEM SERIFA

Geralmente, as fontes sem serifa são mais aconselhadas para títulos, cabeçalhos, blocos de textos mais curtos em casos de utilização em mídias impressas. As fontes sem serifa também são utilizadas em textos num geral em mídias digitais, devido ao fato de possuírem mais legibilidade em formatos mínimos.

EXEMPLOS


TIPOGRAFIA CURSIVA

São fontes que se aproximam da caligrafia manual, possuindo mais detalhes e ornamentos em suas letras. Ela não é aconselhada para textos longos, justamente por possuir muitos floreios, o que torna a leitura demorada.

EXEMPLOS


TIPOGRAFIA DECORATIVA

Essas são as fontes mais livres e temáticas, que surgiram devido ao avanço da tecnologia e se abriram as possibilidades de criação de fontes, podendo possui texturas diferentes e formas que fogem completamente do padrão das outras fontes. Elas também são conhecidas por terem uma temática específica, fonte com ilustrações de flores, ou com temática de terror.

  • Exemplos: Moon Flower, Rosewood, Magneto.

EXEMPLOS