O que você precisa saber sobre a hospedagem do site da sua empresa

Esse assunto é muito recorrente aqui na agência. Muitos clientes, independente do tamanho da empresa, tem dúvidas sobre o que é e como funciona uma hospedagem de site. Estas dúvidas muitas vezes só surgem quando acontece algum problema como lentidão do site, site sair do ar, etc. Então listamos os principais itens sobre hospedagem de sites e servidores de hospedagem para você ficar por dentro:

O que é hospedagem de site?

A hospedagem de site é um servidor responsável por armazenar os dados necessários para que as pessoas possam acessar a sua página a qualquer momento. Basicamente, um site é a soma de inúmeros arquivos, que são baixados e lidos pelos navegadores. Então, um serviço de hospedagem é o local onde ficam armazenados esses dados, uma vez que é, praticamente, impossível fazer isso por meio de um computador pessoal.

O que é host ou servidor?

Um host ou servidor nada mais é do que um computador destinado a guardar os arquivos que serão acessados. Empresas especializadas em hospedagem possuem diversos equipamento específicos para isso, incluindo de proteção de rede, backup e geradores de energia, que funcionam sem parar em ambientes com temperatura e umidade controlada. Estas empresas cobram pelo serviço de hospedagem que mantém os arquivos do seu site e seus emails funcionando.

Qual a diferença de hospedagem e domínio?

A hospedagem é o local onde os dados do seu site estão armazenados. Já o domínio é o endereço eletrônico que serve para descrever o seu site (www.empresatop.com.br). Para facilitar, podemos fazer uma analogia com o mundo físico. O domínio seria o endereço da sua empresa, e a hospedagem o prédio em que ela fica.

O que é um subdomínio?

Se o domínio é o endereço da sua página, o subdomínio é uma ramificação do mesmo. Eles são necessários para diferenciar seções específicas do site, como um blog. Além disso, estão diretamente ligados com estratégias de posicionamento nos mecanismos de buscas.

O que é espaço de hospedagem?

É a quantidade de espaço disponível no servidor para armazenar seus arquivos, normalmente é medido em MB (Megabytes) ou GB (Gigabytes).

A linguagem interfere com o serviço de hospedagem?

Sim, apesar de as páginas trabalharem com uma linguagem padrão, HTML, existem outras linguagens disponíveis e que podem ser usadas. Por isso, o servidor deve ter suporte com a linguagem usada pelo seu site e subdomínios, como um blog. Os sites que são criados em WordPress (sistema de gerenciamento de conteúdo) por exemplo, funcionam melhor em servidores com linguagem PHP e banco de dados MySQL.

O que é hospedagem compartilhada?

Como falamos, as empresas especializadas em hospedagem possuem diversos equipamentos robustos para armazenar imensos volumes de arquivos e possibilitar alto volume de acesso dos usuários ao site. A hospedagem compartilhada é um tipo de hospedagem, a mais comum no mercado. Nesse sistema, um mesmo servidor guarda os arquivos de mais de uma empresa/site.

Qual a diferença de hospedagem compartilhada e dedicada?

Diferente da hospedagem compartilhada, na qual você divide a capacidade do servidor com os demais clientes da empresa de hospedagem, no sistema dedicado um servidor é de uso exclusivo seu. Essa opção é indicada para sites com tráfego mais alto e necessidades de personalização maiores.

O que é hospedagem em cloud?

A hospedagem cloud oferece as mesmas vantagens de um servidor dedicado, sem necessariamente você ter um servidor dedicado. Através da criação de um servidor virtual, o seu site terá recursos disponíveis conforme o plano contratado e a necessidade que ele apresente de espaço, memória e processamento. A característica mais importante do cloud é ele ser elástico, ou seja, é possível facilmente optar por mais recursos até em tempo real, conforme seu site necessite. Estes itens acabam fazendo o custo desta hospedagem ser um pouco mais alto do que a tradicional.

Como o tráfego influencia no serviço de hospedagem?

O tráfego diz respeito ao volume dados que seu site transfere para que seja visualizado por todos que o visitam. Se o seu plano de hospedagem ou servidor não comportar o tráfego/acessos simultâneos ocasionará lentidão e até queda do site, o que compromete seriamente os negócios. Deve se levar em conta que cada acesso utiliza memória e processador do servidor, estes itens acabam fazendo mais falta do que espaço em disco/armazenamento, por exemplo. Por isso, o serviço de hospedagem contratado deve suportar a quantidade de pessoas que navegam em sua página.

Como escolher a melhor hospedagem para o site da minha empresa?

Para responder esta pergunta, é necessário avaliar o porte e nicho de atuação da sua empresa e do seu site. Assim como o modelo de negócio no qual ela está inserida e, também, perspectivas de crescimento e necessidades de mercado. É preciso encarar a hospedagem como um investimento para dar suporte as estratégias de crescimento do seu negócio.